segunda-feira, 25 de maio de 2009

รє иãσ нσυvєя fяυтσร, vαlєυ α bєlєzα dαร flσяєร; รє иãσ нσυvєя flσяєร, vαlєυ α รσмbяα dαร fσlнαร; รє иãσ нσυvєя fσlнαร, vαlєυ α iитєиçãσ dα รємєитє.

*´¨`*:•.*´¨`*:•.*´¨`*:•.*´¨`*
α vidα тєм qυαтяσ รєитidσร: αмαя, รσfяєя, lυтαя є vєиcєя. Qυєм αмα, รσfяє; qυєм รσfяє, lυтα; qυєм lυтα, vєиcє. ρσя iรรσ, αмє мυiтσ, รσfяα ρσυcσ, lυтє bαรтαитє є vєиçα รємρяє.

*´¨`*:•.*´¨`*:•.*´¨`*:•.*´¨`*
иυиcα fαçα dє รυα vidα υм яαรcυинσ, ρσiร тαlvєz иãσ dê тємρσ dє ραรรá-lσ α liмρσ.
*´¨`*:•.*´¨`*:•.*´¨`*:•.*´¨`*

Jαмαiร รє dєรєรρєяє єм мєiσ àร мαiร รσмbяiαร αfliçõєร dα รυα vidα, ρσiร dαร иυvєиร мαiร иєgяαร cαi ágυα líмρidα є fєcυиdα.
*´¨`*:•.*´¨`*:•.*´¨`*:•.*´¨`*

Qυαиdσ αlgσ dє qυє gσรтє, αcαbαя, συ, รiмρlєรмєитє, iя ємbσяα, lємbяє-รє dє qυє αร fσlнαร dσ συтσиσ иãσ cαєм ρσяqυє qυєяєм, мαร ρσяqυє é cнєgαdα α нσяα.
*´¨`*:•.*´¨`*:•.*´¨`*:•.*´¨`*

sexta-feira, 22 de maio de 2009

єм нσσмєиαgєм ααмiigαєєямαã.!


σ тємρσ vσσυ иєм ρєяcєbi мαร รσυ σ мєรмα мєиiiиα ααмiigαα qυє υм diα vσcê cσинєcєυ α cαиçãσ иãσ єรqυєci α мєиiиα qυє нá єм мiм иαรcєυ ρяα cαитαя
Cнσяα cσмσ иυиcα ρяα รєитiя αiиdα єรтαмσร jυитσ αqυi(ααмiizαdє єєтєяиα)
αbяσ σ cσяαçãσ
Cσlσcσ-мє ασร รєυร ρéร
иσiтє єรcυяα αgσяα é мαинã
є fαlσ cσм яαяα cαlмα
รσυ σ qυє รσυ, รєi qυє รσυ fяαcα, мαร รємρяє тivє vσcê αqυi ρєятσ dє мiм(иσσ รєємρяє&รєємρяє ααмiigα)
σ єรρєlнσ мє diz qυє єиvєlнєci
є qυє мαl ρσdє єxiรтiя єм тєя нiรтóяiαร ρяα cσитαя?
Dα รυα αмiizαdє qυє αqυi fiz
Qυαитα cσiรα รє ραรรσυ
αiиdα єรтαмσร jυитσร αqυi. !

~>тcнiiααмσÔ ααмiigα. ! <~

ρ α я α B É и ร. !

ααмiigααร ραяαα รєємρяєє, bσσυαร ααмiigαร qυєє иααรcєяααм ρєlα , ααмiigαร ραяα รєємρяє รiiм รє Dєєυร qυiiรєєя. !



terça-feira, 19 de maio de 2009


“Eu tenho medo. Mas não tenho medo de ter medo. Medo é o avesso da coragem. É por meio dele que eu alcanço algumas vitórias. Quem não tem medo corre o risco de se tornar um herói sem graça, pronto demais. A vida é bonita justamente por ser inacabada. A metade que falta, o detalhe que ainda não alcançamos, o objetivo que ainda está pela metade. Tudo se torna mais bonito quando visto do avesso. Os medos também. Há muitos tipos e estão por toda parte: medo de não vencer, de não chegar, de não saber, de não conseguir, de subir a escada, de errar no tempero, de perder, de morrer... O avesso do medo é o cuidado redobrado, porque quem tem medo, cuida. Não se expõe ao perigo, mas se resguarda. O medo é bom, porque não nos enche de falsa coragem. O medo nos torna reais, nos mostra quem somos, mensura o tamanho de nossas pernas... O medo nos coloca no nosso lugar e nos prepara para o sorriso do pódio. Contudo, há medos que nos paralisam. São temores doentios. Eles nos entorpecem, nos amarram e precisam ser vencidos. Precisam ser olhados de frente, para que voltem à condição de medo, apenas... Medo saudável. Medo que me faz ser humano na medida certa, porque no humano bem medido, o divino prevalece. Só isso. O resto é lição que a lousa da vida espera por ser escrita”.

Pe. Fábio de Melo.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Qual o segredo do amor?

O verdadeiro amor não desiste de amar! A força que o mantém assim é a gratuidade. Enquanto continuarmos esperando por um pagamento por nossos gestos de amor, este sentimento será sempre fraco, desiludido e, portanto, desistirá facilmente de tudo e de todos.

Amor que ama, para valer, nunca espera nada em troca: eis a razão de sua força!

sábado, 9 de maio de 2009


quarta-feira, 6 de maio de 2009

Obrigado, Senhor,
Por mais um dia que me dás,
Pelo alimento à minha mesa,
Pela família da qual sou parte,
Pelos amigos que tenho......
Por amar aos meus irmãos,
Por buscar sempre ser justo,
Por saber perdoar as ofensas,
Pela consciência das minhas faltas.

Obrigado, Senhor,
Por crer em Ti,
Por amar a tua Lei,
Pelo bem que pude praticar,
Pelo mal que eu soube evitar.

E porque me deste a Fé,
Me alimentas a Esperança,
E me fazes filho da tua Caridade,
Por tudo, enfim,
Obrigado, Senhor!
"A vida é um incêndio: nela
dançamos, salamandras mágicas
Que importa restarem cinzas
se a chama foi bela e alta?
Em meio aos toros que desabam,
cantemos a canção das chamas!
Cantemos a canção da vida,
na própria luz consumida..."(Mário Quintana)
"A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você."

" Ver a vida, as pessoas, as formas...
é um detalhe.
Mas, viver de bem
com a vida,
amando as pessoas, de todas as formas,
é um detalhe que faz a diferença! ".